Quinta-feira, 15 de Abril de 2010

Voltei...

 

 

 

 

Já lá vão uns meses desde a minha última entrada aqui. Minha vontade de escrever desapareceu ao mesmo ritmo que minha vida foi se alterando. Mas hoje, por alguma razão que me ultrapassa, surgiu esse desejo. As palavras começam a fervilhar debaixo dos dedos após a visita á alguns blogs onde mostram sua força. Primeiro e porque me falta ainda a coragem, resolvi responder alguns emails pendentes há tanto tempo. Sei que tenho de usar a sinceridade e falar com os amigos sempre preocupados e que invadiram minha caixa de correio com a mesma pergunta:”que tens?” Pensei que se tivesse força em responder a pergunta colocada, também encontraria um jeito de estar aqui…e aqui estou…

Lá fora os trovões iluminam o céu e o barulho que se segue torna-se ensurdecedor… Chove copiosamente… Sempre gostei de trovoadas… Tenho medo sim, mas é um medo que consigo ultrapassar… Como sou capaz de ultrapassar este que se instalou na minha alma, no meu coração…no meu pensamento…

Ainda tinha esperanças que 2010 fosse um ano bom. Afinal gosto dos anos pares!!! Mas se 2009 acabou mal, este, em poucos meses já o ultrapassou…

Descobrir que tinha um Linfoma no pescoço foi um choque. Tive de passar por algumas fases até chegar ao veredicto. Foram dias de muito cansaço, muito desalento e muito, muito medo… Suspeitavam de um primário em algum sítio que não no pescoço e os exames foram sucedendo-se a um ritmo louco…Não tinha tempo para pensar…não tinha tempo para chorar…

Felizmente não se descobriu mais nenhum…

A primeira sessão de quimio fez meu mundo ruir. Só aí me dei conta que tinha um cancro e que tinha que o combater. Não havia por onde fugir. Tinha uma guerra pela frente e muitas batalhas para travar. E não tinha outra hipótese senão ganhar…

Chorei muito nesse dia e fiz chorar as pessoas que amo. Meu pequeno mundo fechou-se sobre mim como um manto protector. O abraço da minha família, o carinho dos meus amigos e até os mimos de desconhecidos, criaram um escudo que me afasta da tristeza. Sabia que estava em porto seguro. O amor vence tudo e eu tenho todo o amor do mundo.

Agora que chego ao fim deste meu texto, sei que é por eles que escrevo.

Por meu marido, meu apoio incondicional. Obrigada meu amor por ter sempre tua mão envolvendo a minha.

Ao meu filho que do seu jeito calado, mostra todo o seu carinho em pequenos mimos que me deixam sempre com a lágrima ao canto do olho…mas não é de tristeza meu filho…mas sim por te amar infinitamente.

A mana Lena que me acusa de ser mimada esquecendo que é dela que vem o maior mimo. Obrigada mana por tudo o que tens feito, tua paciência e teus cozinhados…

A mana São que nunca me deixa ir abaixo encontrando sempre um jeito de me mostrar que em meio as desgraças, há sempre um motivo para sorrir.

Aos meus meninos, Letícia, Patrícia e Hélder… Agora não vos posso dar beijinhos, mas todos os dias vos beijo com meu coração e com todo o meu amor.

A ti mano… que me obrigaste a descobrir o sabor das Mangas e das Papaias.

Mãe…palavras para quê?!! Estas aqui, comigo em todas as horas… Desculpa se te faço chorar…Mas prometo-te que vou vencer!

Palmira, obrigada por essa amizade tão bonita.

Aos meus amigos, sempre presentes… apesar de ausentes. aos que me escrevem e me fazem viajar por mundos diferentes… Não é Mafalda?!! E como é bom fugir de vez em quando nas palavras dos amigos… Obrigada a todos!

No fim, bastava apenas dizer que vos amo a todos…

 

Fátima

 

 

 


Segredo de... Fátima às 20:12
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.Segredos recentes...

. Don´t leave me...

. Cabreiro...Junto ao rio.....

. Corando...

. Para as mulheres que faze...

. Timidez...

. ...

. Quantas vezes...

. Beijo teu...

. Imperfeita...

. Saudade...

. Raio de sol...

. Imperfeições...

. Meu arco-íris...

. For you...

. Meu despertar...

. Adeus mano...

. ...

. Porque hoje é dia dos nam...

. Meu Domingo...

. Lágrimas de Seda!

. Outono...alma minha!

. Quem me dera...

. Apenas um sonho...

. Fada...

. Deus, cuida de mim...

. Meu Deus

. Devagarinho...

. Nada como o tempo...

. Homenagem...

. Quero acreditar...

. Obrigada...

. Dor não...

. Medo...

. Voltei...

. Que seja um ano feliz...

. poema

. ...

. Ternura...

. Há dias assim...

. Meu amor de papel...

. Uma noite de luar...

. Recado antigo...

. Bodas de prata 08/09/2009

. ...

. Papoila do meu coração...

. Vives em Mim

. Aprendi...

. Adeus...

. Lágrima...

. Mãe...

.Segredos recentes...

. Don´t leave me...

. Cabreiro...Junto ao rio.....

. Corando...

. Para as mulheres que faze...

. Timidez...

. ...

. Quantas vezes...

. Beijo teu...

. Imperfeita...

. Saudade...

. Raio de sol...

. Imperfeições...

. Meu arco-íris...

. For you...

. Meu despertar...

. Adeus mano...

. ...

. Porque hoje é dia dos nam...

. Meu Domingo...

. Lágrimas de Seda!

. Outono...alma minha!

. Quem me dera...

. Apenas um sonho...

. Fada...

. Deus, cuida de mim...

. Meu Deus

. Devagarinho...

. Nada como o tempo...

. Homenagem...

. Quero acreditar...

. Obrigada...

. Dor não...

. Medo...

. Voltei...

. Que seja um ano feliz...

. poema

. ...

. Ternura...

. Há dias assim...

. Meu amor de papel...

. Uma noite de luar...

. Recado antigo...

. Bodas de prata 08/09/2009

. ...

. Papoila do meu coração...

. Vives em Mim

. Aprendi...

. Adeus...

. Lágrima...

. Mãe...