Quinta-feira, 12 de Maio de 2011

Meu despertar...

 

Já estava a dormir há muito, embalada por algum sonho ou simplesmente reconfortada no esquecimento das horas que passam e nada se sente. Não apetecia despertar desse mundo que nos aconchega a alma cansada.
 
Senti-te junto aos meus pés. Deixas-te me inquieta mas recusei abrir os olhos e com a preguiça, nem sequer me mexi. Foste subindo devagarinho como quem tem medo de ver o caminho interrompido. Subindo pelas minhas pernas, acariciando-as muito devagarinho conforme te ias aproximando, foste aconchegar-te bem no meio das minhas coxas. Eu sei o quanto tu gostas de permanecer por aí e por isso fiquei quieta, e apesar de não querer, deixei-te ficar entre minhas pernas.
 
O mundo pareceu-me ter desaparecido e quando senti meu corpo relaxar e de novo ficar embalado pela serenidade do sono, resolveste subir um pouco mais. Arrepiei-me ao sentir teu corpo contra minha pele nua. Sentia a pressão que exercias na minha barriga e senti vontade de resmungar. Mexi-me um pouco para te mostrar meu desagrado e ouvi o murmurio da minha voz ensonada reclamar. Não reagiste a minha intenção de te fazer parar e foste subindo mais um pouco...
 
Senti teu cheiro invadir-me os sentidos e fiquei logo com comichão. Tua respiração junto ao meu rosto e aquele som que desmontra o quanto gostas de mim e o quanto estás a gostar deixou-me um pouco irritada e minha vontade era gritar:pára!!!
 
Fui virando o rosto para um lado e para o outro para evitar tuas demonstrações de carinho mas tu não desistias. Sabias que essa era hora certa e não ias desistir de mim.
 
Gemi baixinho quando me mordeste o queixo e resmungando do peso que fazias em cima dos meus seios, do teu halito junto do meu nariz e da comichão que me provocavas, levantei-me zangada deixando-te ali, no calor da cama, olhando fixamente para mim...
 
Pode o despertador não tocar mas na hora certa, minha gata faz com que eu me levanto para um novo dia...
 
Adoro-te minha Kika.

 


Segredo de... Fátima às 09:38
| Comenta...
1 comentário:
De Diamantino a 1 de Março de 2012 às 09:18
Adorei este texto.

É mesmo assim, tal e qual.

DC


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.Leva-me contigo...


fg.jpg


.Segredos recentes...

. Don´t leave me...

. Cabreiro...Junto ao rio.....

. Corando...

. Para as mulheres que faze...

. Timidez...

. ...

. Quantas vezes...

. Beijo teu...

. Imperfeita...

. Saudade...

. Raio de sol...

. Imperfeições...

. Meu arco-íris...

. For you...

. Meu despertar...

. Adeus mano...

. ...

. Porque hoje é dia dos nam...

. Meu Domingo...

. Lágrimas de Seda!

. Outono...alma minha!

. Quem me dera...

. Apenas um sonho...

. Fada...

. Deus, cuida de mim...

. Meu Deus

. Devagarinho...

. Nada como o tempo...

. Homenagem...

. Quero acreditar...

. Obrigada...

. Dor não...

. Medo...

. Voltei...

. Que seja um ano feliz...

. poema

. ...

. Ternura...

. Há dias assim...

. Meu amor de papel...

. Uma noite de luar...

. Recado antigo...

. Bodas de prata 08/09/2009

. ...

. Papoila do meu coração...

. Vives em Mim

. Aprendi...

. Adeus...

. Lágrima...

. Mãe...

.Escreve-me...


.Segredos recentes...

. Don´t leave me...

. Cabreiro...Junto ao rio.....

. Corando...

. Para as mulheres que faze...

. Timidez...

. ...

. Quantas vezes...

. Beijo teu...

. Imperfeita...

. Saudade...

. Raio de sol...

. Imperfeições...

. Meu arco-íris...

. For you...

. Meu despertar...

. Adeus mano...

. ...

. Porque hoje é dia dos nam...

. Meu Domingo...

. Lágrimas de Seda!

. Outono...alma minha!

. Quem me dera...

. Apenas um sonho...

. Fada...

. Deus, cuida de mim...

. Meu Deus

. Devagarinho...

. Nada como o tempo...

. Homenagem...

. Quero acreditar...

. Obrigada...

. Dor não...

. Medo...

. Voltei...

. Que seja um ano feliz...

. poema

. ...

. Ternura...

. Há dias assim...

. Meu amor de papel...

. Uma noite de luar...

. Recado antigo...

. Bodas de prata 08/09/2009

. ...

. Papoila do meu coração...

. Vives em Mim

. Aprendi...

. Adeus...

. Lágrima...

. Mãe...