Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2011

Porque hoje é dia dos namorados...

 

 

O coração bate devagarinho ao contrario do que deveria ser. Sempre ouvi dizer e até li em muitos sitios, que o coração fica mais accelerado, que bate descompassado, perdendo até o ritmo e chegando mesmo a parar por um segundo. O meu bate simplesmente devagarinho, sem pressa, ritmado e compassado...batendo uma melodia suave que me embala os sentidos...um slow...é isso...parece dançar um slow...

 

O meu coração é engraçado nas suas mil definições. Perde-se em pensamentos quase sempre enigmas do próprio sentir! Já muitas vezes tentei estudar suas batidas e sempre que estive quase a desvendar seu mistério, ele encheu meu peito e mudou o ritmo como que empurrado por uma ventania qualquer. Há dias que bate mais para um lado do que o outro. Para a esquerda, deixa-me tonta e perdida em emoções que se atropelam e toldam o raciocino, fazendo cada tentativa de interpretação uma teia de aranha impossível de penetrar. Depois há aqueles dias que bate a direita do peito e que se torna um coração disciplinado e muito controlado em que a única emoção a descobrir é a paz sentida...

 

Falar do meu coração é quase entrar na biografia do sentimento...e que complicado é conhecer o sentimento. Nasceu algures num ano qualquer, viveu no tempo sem perder tempo, descobriu muitos sentidos, esqueceu alguns, aprendeu outros e quer descobrir mais... Abriu portas a vida e deixou que a vida o fizesse bater... Bateu rapido em sorrisos e quase parou em lagrimas vertidas... Um dia há-de parar e não querendo o esforço que é de novo lutar, há-de adormecer e para sempre repousar...

 

Um dia, não lembro bem qual, começou a bater de um forma diferente, um compasso até aí desconhecido. A nova melodia deixou-me intrigada e resolvi procurar onde estava o erro. Descobri que, ao contrario do que pensava, não tinha perdido qualquer batida. Sempre soube que os corações quebram-se e perdem algumas batidas ficando feridos e que por isso nunca mais encontram o ritmo certo, ou o mesmo ritmo de outrora. Este coração mostrou-me que não tinha perdido uma batida...bem pelo contrario...tinha juntado uma nova tornando o compasso mais alegre, mais ritmado, como o mar sereno em noite de luar...

 

Meu coração ama a vida e tudo o que faz parte dela... Ama as pessoas que conseguem tocá-lo nas muitas maneiras possiveis... É um coração compassado que bate ao ritmo das emoções...ao ritmo daqueles que ama...porque foi isso que eu descobri nas minhas varias explorações ao intimo deste coração que bate no meu peito... Bate assim, do seu jeito tranquilo ou apressado, porque tem no ritmo e as batidas de outro coração...

 

Meu coração é apenas um coração apaixonado.

 


Segredo de... Fátima às 09:33
| Comenta...
1 comentário:
De António a 15 de Fevereiro de 2011 às 12:11
O teu coração é um coração de uma pessoa excepcional, a grandeza das tuas palavras fizeram-me constatar que o meu coração também bate, que tal como o teu ele irá cansar-se de bater um dia.

Que até lá o teu coração lindo viva feliz, porque tu mereces tudo de bom!

Beijinho deste teu amigo!


Comentar post

.mais sobre mim

.Leva-me contigo...


fg.jpg


.Segredos recentes...

. Don´t leave me...

. Cabreiro...Junto ao rio.....

. Corando...

. Para as mulheres que faze...

. Timidez...

. ...

. Quantas vezes...

. Beijo teu...

. Imperfeita...

. Saudade...

. Raio de sol...

. Imperfeições...

. Meu arco-íris...

. For you...

. Meu despertar...

. Adeus mano...

. ...

. Porque hoje é dia dos nam...

. Meu Domingo...

. Lágrimas de Seda!

. Outono...alma minha!

. Quem me dera...

. Apenas um sonho...

. Fada...

. Deus, cuida de mim...

. Meu Deus

. Devagarinho...

. Nada como o tempo...

. Homenagem...

. Quero acreditar...

. Obrigada...

. Dor não...

. Medo...

. Voltei...

. Que seja um ano feliz...

. poema

. ...

. Ternura...

. Há dias assim...

. Meu amor de papel...

. Uma noite de luar...

. Recado antigo...

. Bodas de prata 08/09/2009

. ...

. Papoila do meu coração...

. Vives em Mim

. Aprendi...

. Adeus...

. Lágrima...

. Mãe...

.Escreve-me...


.Segredos do passado...

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008