Terça-feira, 11 de Novembro de 2008

Sabias?...

 

Sabias que quando me prendes em teus braços, o relógio parece abrandar no seu tic-tac infinito? E que quanto mais me apertas contra teu peito, o tempo pára de correr, ficando suspenso na tua respiração que me acaricia o pescoço, fazendo-me arrepiar até a alma?

 

Não deves saber. Se soubesses, prendias-me no teu abraço e de lá nunca mais me deixarias sair. Irias sentir cada batida do meu coração contra teu peito e quando desses conta, já o teu teria ao mesmo compasso. Serias minha armadura contra as dores do mundo e em tua pele, todos os meus sentidos seriam tatuados…

 

Sabias que quando me beijas, quando tua língua obriga meus lábios a entreabrirem-se para lhe dar passagem e quando ela, ousada e faminta, se enrosca na minha e rodopia num bailado de sensações intensas, sinto o sangue correr veloz em meu corpo, fazendo-me corar de prazer? Que meus seios enrijecem, ficando duros e hirtos, num convite silencioso a tua boca?

 

Também não deves saber. Se assim fosse, teus lábios ficariam sempre colados aos meus, tua língua nunca mais deixaria a minha tão só, guardando apenas a saudade de tua doçura. Tuas mãos envolveriam meus seios numa doce carícia, aconchegando-os, brincando e cedendo ao pedido que silenciosamente te fazem… Beijarias cada mamilo para lhes aliviar toda a dor que é querer sentir-te…

 

E por acaso, sabias que sempre que me fazes tua, quando entras em mim, castigando-me o corpo com a intensidade do teu desejo, quando me fazes gemer de prazer e de dor sempre que ameaças sair de mim, quando te mexes com a força da paixão e me levas até ao limiar da loucura, todos meus sentidos e todo o meu corpo, explodem numa miríade de sensações incríveis que faz parar meu coração alguns segundos?

 

Isso sim… Isso deves saber. Pois tens prazer em me fazer gritar sempre que te afastas um pouco e de novo entras mais forte, mais fundo. Sentes meu coração acelerar sempre que me envolves com o peso do teu corpo. Deves saber sim, pois ficam gravadas em tuas costas as marcas do prazer intenso que me das sempre que em mim te fundes…

 

Sabes, não sabes?

 

Fátima

 

 


Segredo de... Fátima às 11:36
| Comenta...
1 comentário:
De Jose carlos a 12 de Dezembro de 2012 às 10:54
Parabens. Achei extraordinario todo o Blog, mas em especial este texto.


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.Leva-me contigo...


fg.jpg


.Segredos recentes...

. Don´t leave me...

. Cabreiro...Junto ao rio.....

. Corando...

. Para as mulheres que faze...

. Timidez...

. ...

. Quantas vezes...

. Beijo teu...

. Imperfeita...

. Saudade...

. Raio de sol...

. Imperfeições...

. Meu arco-íris...

. For you...

. Meu despertar...

. Adeus mano...

. ...

. Porque hoje é dia dos nam...

. Meu Domingo...

. Lágrimas de Seda!

. Outono...alma minha!

. Quem me dera...

. Apenas um sonho...

. Fada...

. Deus, cuida de mim...

. Meu Deus

. Devagarinho...

. Nada como o tempo...

. Homenagem...

. Quero acreditar...

. Obrigada...

. Dor não...

. Medo...

. Voltei...

. Que seja um ano feliz...

. poema

. ...

. Ternura...

. Há dias assim...

. Meu amor de papel...

. Uma noite de luar...

. Recado antigo...

. Bodas de prata 08/09/2009

. ...

. Papoila do meu coração...

. Vives em Mim

. Aprendi...

. Adeus...

. Lágrima...

. Mãe...

.Escreve-me...


.Segredos recentes...

. Don´t leave me...

. Cabreiro...Junto ao rio.....

. Corando...

. Para as mulheres que faze...

. Timidez...

. ...

. Quantas vezes...

. Beijo teu...

. Imperfeita...

. Saudade...

. Raio de sol...

. Imperfeições...

. Meu arco-íris...

. For you...

. Meu despertar...

. Adeus mano...

. ...

. Porque hoje é dia dos nam...

. Meu Domingo...

. Lágrimas de Seda!

. Outono...alma minha!

. Quem me dera...

. Apenas um sonho...

. Fada...

. Deus, cuida de mim...

. Meu Deus

. Devagarinho...

. Nada como o tempo...

. Homenagem...

. Quero acreditar...

. Obrigada...

. Dor não...

. Medo...

. Voltei...

. Que seja um ano feliz...

. poema

. ...

. Ternura...

. Há dias assim...

. Meu amor de papel...

. Uma noite de luar...

. Recado antigo...

. Bodas de prata 08/09/2009

. ...

. Papoila do meu coração...

. Vives em Mim

. Aprendi...

. Adeus...

. Lágrima...

. Mãe...